Arquivo da tag: rodrigo de souza leão

Tudo vai ficar da cor que você quiser

O poeta e jornalista Ramon Mello está à frente de uma campanha para arrecadar fundos para a montagem de uma exposição com telas do artista plástico, poeta, romancista etc. Rodrigo de Souza Leão, subido em 2009.

Mello é curador da obra de Leão, que vem sendo (re)lançada pela editora Record. “A cada mergulho em seu universo – seja nos livros, na peça que estou em cartaz, nos vídeos e em tantas outras coisas que ele deixou – reafirmo a minha vontade de tornar a sua criação mais conhecida. Foi com grande surpresa que me dei conta de que em poucos meses de EAV ( Escola de Artes Visuais do Parque Lage), Rodrigo produziu mais de 40 telas, algumas chegando a medir 3 metros, numa impressionante imersão em seu universo de inúmeras vozes e imagens”, conta-nos por e-mail.

O Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro se interessou em expor as telas e poemas de Leão, já tendo agendado a exposição que batiza este post para entre 12 de novembro de 2011 e 15 de janeiro de 2012. Sem patrocínio, Mello está correndo atrás de viabilizar a grana para o projeto, na raça, na cara e na coragem.

No vídeo abaixo ele conta um pouco mais da empreitada:

Para colaborar e saber mais, aqui.

Todos os cachorros são azuis

Clique para ampliar

Peça em cartaz no Rio. Aqui a resenha que escrevi sobre o livro homônimo. E aqui a que escrevi sobre Vinis mofados, livro de poemas estreia de Ramon Mello, o ator aí do meio, ele, o jornalista que está cuidando da publicação dos inéditos de Rodrigo de Souza Leão pela editora Record.