Arquivo da tag: lendas

Cultura popular para crianças, do teatro ao conto

Lenita Estrela de Sá lança hoje (5) A filha de Pai Francisco – Bumba meu boi para crianças, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho

A filha de Pai Francisco - Bumba meu boi para crianças. Capa. Reprodução
A filha de Pai Francisco – Bumba meu boi para crianças. Capa. Reprodução

 

A escritora Lenita Estrela de Sá lança hoje (5), às 19h, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, seu livro A filha de Pai Francisco – Bumba meu boi para crianças, adaptação em prosa de uma premiada peça teatral de sua autoria.

O folclorista Américo Azevedo Neto, no prefácio da obra, elogia o trânsito de Lenita entre os gêneros, conclamando palmas para ela em ambos.

O livro é curto, como indica o “para crianças” do título, e vai além do bumba meu boi, servindo como uma espécie de porta de entrada para os pequeninos ao universo das lendas do Maranhão. Além do boizinho cuja língua é pretendida para a alimentação da gestante Mãe Catirina, estão lá a Mula sem cabaça e a Cavala canga, ilustrados por Salomão Jr. Um exercício importante, num tempo em que as crianças são cada vez mais cedo tragadas para o universo do virtual e dos joguinhos eletrônicos.

Outro aspecto que merece destaque nesta obra infantil de Lenita é sua demonstrada preocupação com o meio ambiente: o fazendeiro rico, além de tudo, polui o mangue de onde os moradores dos arredores de sua fazenda tiram sua alimentação, baseada em caranguejos, sarnambis e sururus. A história tem final feliz, com comida farta e festa.

Um cordel de Wilson Marques

O escritor Wilson Marques é uma espécie de pop star das letras locais: suas palestras em escolas sobre sua obra são sempre concorridas pelos pequenos leitores. Que, dependendo de estímulos como esse, poderão vir a ser os grandes leitores. É um caso raro por estas bandas, embora ele não viva da literatura que se produz. Mas ele é reconhecido nas ruas como o “pai” de Touché, seu personagem mais famoso, que estrelou vários de seus livros.

O que fez o jornalista barbudo (é a publicidade quem paga suas contas) foi adaptar ao universo infantil diversas lendas já bastante ouvidas por nós, maranhenses já saídos da infância. Com ilustrações de Dedê Paiva, que já havia desenhado em seu O Tambor do Mestre Zizinho (e estará no lançamento), ele lança amanhã (24), A Lenda do Rei Sebastião e o Touro Encantado, em versos de literatura de cordel, sua mais nova aventura (mais na imagem abaixo, clica para ampliar).