O que vi ontem (Abutres) e os de hoje na 5ª. Mostra

É sempre assim, eu já devia estar acostumado. A 5ª. Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América do Sul acabou baixando em São Luís numa semana, para este blogueiro, bastante conturbada de trabalho. Quando digo “é sempre assim” não me contradigo, já que é a primeira vez que São Luís integra o circuito da Mostra. Mas quer ver eu ter semanas conturbadas de trabalho é aparecer alguma programação boa (e gratuita) na Ilha.

Assim, não tenho conseguido ver “o máximo de sessões possível”, conforme me prometi. Ontem, por exemplo, só consegui pegar a de 19h30min, última do dia, quando foi exibido Abutres.

Com o homenageado da mostra Ricardo Darin no papel principal de Héctor Sosa, advogado corrupto que vive às custas de fraudes em seguros de acidentes de trânsito na Argentina, a partir de procurações assinadas por familiares de pessoas com deficiência (adquiridas a partir dos acidentes) e mortos, um negócio milionário. A vida do personagem começa a mudar quando ele conhece Luján Olivera, médica que cuida de acidentados. Os dois passam a viver uma grande paixão, abalada pela morte de Vega, numa armação de Sosa, seu amigo, para sacar-lhe o seguro, e depois reafirmada com a convicção de Sosa em deixar o “mundo do crime”. Só que a coisa não é tão fácil: o esquema de corrupção é grande e forte e sair dele é tarefa quase impossível – ele e a mulher chegam a ser espancados, quando buscam uma vida tranquila. Abutres tem brilhante desfecho, inesperado e chocante.

Quem, preconceituosamente, pensa que os filmes da Mostra, ou a Mostra em si, são maçantes, cansativos, chatos, enfadonhos, panfletários ou coisas parecidas, não sabe o que está perdendo. Veja abaixo a programação de hoje.

13h30min
(sessão com audiodescrição para público com deficiência visual)

Avós, de Michael Wahrmann
Brasil 12 min 2009 ficção

Leo comemora seu décimo aniversário. De uma avó, ele ganha meias; da outra, cuecas. Do avô, Leo recebe uma velha câmera Super-8, através da qual relata a tentativa de trocar os presentes com as avós. Nesse meio tempo, descobre que Mônica Lewinsky é judia, que Clinton é o presidente da América, que os números nos braços dos avós são os responsáveis por ele ser gordinho e que a tal câmera velha não serve para mais nada.

Aloha, de Paula Luana Maia e Nildo Ferreira
Brasil 15 min 2010 doc

Conta a história de personagens com deficiência física que, através do surfe, encontraram a superação para os desafios de suas vidas.

Carreto, de Marília Hughes e Claudio Marques
Brasil 12 min 2009 ficção

Tinho conhece Stéphanie. Uma amizade se inicia.

Eu não quero voltar sozinho, de Daniel Ribeiro
Brasil 17 min 2010 ficção

A vida de Leonardo, um adolescente cego, muda completamente com a chegada de um novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo, ele tem que lidar com os ciúmes da amiga Giovana e entender os sentimentos despertados pelo novo amigo Gabriel.

15h30min

Hércules 56, de Silvio Da-Rin
Brasil 94 min 2006 doc

Em 7 de setembro de 1969, o avião Hércules 56 da FAB levou ao México quinze presos políticos trocados pelo embaixador dos EUA. No filme, os nove remanescentes do grupo e cinco membros das organizações responsáveis pelo sequestro rememoram a ação e discutem a luta armada contra a ditadura militar.

17h30min

Dias de greve, de Adirley Queirós
Brasil 24 min 2009 doc

Uma greve de metalúrgicos tem início em uma cidade nos arredores de Brasília. Muito mais do que o despertar para uma consciência de classe, os grevistas redescobrem uma cidade que já não lhes pertence.

Paraíso, de Héctor Gálvez
Peru/ Alemanha/ Espanha 91 min 2009 ficção

Joaquín e seus quatro jovens amigos vivem em Paraíso, bairro de deslocados localizado nos arredores da cidade de Lima. Ali passam os dias sem saída, sem oportunidades nem futuro, mas com a sensação de que têm que fazer alguma coisa.

19h30min

Carnaval dos deuses, de Tata Amaral
Brasil 9 min 2010 ficção

Jacob, Mairun e João têm seis anos e confeccionam suas fantasias de carnaval para a festa da escola. Ana não participa da atividade porque acredita que carnaval seja pecado. Essa situação causa espanto entre os amiguinhos, que iniciam uma conversa sobre suas diferentes origens religiosas. Chegam à conclusão de que na festa de carnaval todos os deuses são bem-vindos.

Meu companheiro, de Juan Darío Almagro
Argentina 25 min 2010 doc

Esteban, ex-jogador de futebol, caminha junto ao seu cão, mesmo com problemas em uma de suas pernas. Ambos moram nas ruas, e ele precisa ficar internado até que suas feridas estejam curadas; no entanto, resiste em deixar seu fiel parceiro abandonado.

Leite e ferro, de Claudia Priscilla
Brasil 72 min 2010 doc

Retrato da vivência da maternidade em uma situação-limite. Amamentação, sexualidade, drogas, religião no cárcere.

Veja a programação completa no site da Mostra. E baixe aqui o catálogo completo.

2 comentários em “O que vi ontem (Abutres) e os de hoje na 5ª. Mostra

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s