TARSO DE CASTRO NA LÍNGUA POP

“Não há originalidade na atitude dele. Ele é um imitador barato de Paulo Francis“.

Do jornalista Tom Cardoso, sobre Diogo Mainardi, em entrevista concedida a Bruno Bandido, um dos editores da revista eletrônica Língua Pop, a que cheguei via Bortolotto.

A entrevista está numa grande e boa matéria sobre o saudoso mestre Tarso de Castro e sua biografia, 75 kg de músculos e fúria – Tarso de Castro: a vida de um dos mais polêmicos jornalistas brasileiros, escrita por TC, sobre o que escrevi há um tempinho.

Genial e irreverente, “grosso e finíssimo” (Mário Prata, sobre o gaúcho, na contracapa da biografia), Tarso, um dos fundadores do também saudoso Pasquim, faz uma falta danada no jornalismo cometido no Brasil hoje em dia.

4 comentários em “TARSO DE CASTRO NA LÍNGUA POP

  1. adoro tarso, gostei muito da bio escrita pelo tom cardoso e também da matéria de vocês. sigam em frente. uma dica: o pdf da edição poderia ser disponibilizado direto no blogue, em vez de solicitado por e-mail. abração!

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s