JUIZ SUSPENDE SHOW COM BANDA NO ANIVERSÁRIO DE PEDREIRAS

O juiz Douglas de Melo Martins, da comarca de Pedreiras, determinou a suspensão de show, programado para a quarta-feira, 14, em comemoração pelo aniversário da cidade. A principal atração do evento, organizado pela Prefeitura da cidade, seria a banda de forró “Limão com Mel”.

O magistrado acatou medida cautelar do Ministério Público Eleitoral da comarca, assinado pela promotora Maria do Socorro Barros, que acusava o prefeito de Pedreiras, Lenoilson Passos, de abuso de poder político e promoção pessoal. Segundo o juiz, no pedido, a promotora apresentou como provas do crime eleitoral praticado, a gravação de um CD em que a Prefeitura convidava a população para o show e na qual o nome do prefeito é citado várias vezes.

Inicialmente insatisfeitos com a decisão judicial, muitos moradores se dirigiram ao Fórum de Pedreiras para protestar. Numa atitude inesperada, o juiz Douglas Martins desceu do gabinete e explicou a eles quais os motivos que o levaram a conceder a suspensão do show.

Dor e consternação – O juiz argumentou que Pedreiras e cidades circunvizinhas sofrem com as chuvas, que deixaram milhares de desabrigados na região. Os governos federal e estadual continuam enviando recursos para ajudar as vítimas e a população se mobilizou em campanhas de solidariedade.

“O momento não é propício para festas. É uma hora de dor e consternação para milhares de cidadãos. Como é que se vai permitir gastar tanto recurso público num momento desses?”, questionou. Ele acredita que uma festa desse porte poderia até desmotivar os órgãos de governo e cidadãos a continuar a ajuda aos desabrigados. “Iria passar a idéia de que, se a Prefeitura tem recurso para gastar com festa, tem também para ajudar sozinha as vítimas das enchentes”. O cachê da banda “Limão com Mel” é estimado em R$ 40 mil. As justificativas acabaram convencendo os pedreirenses, que aplaudiram a decisão do juiz. Douglas Martins esclareceu que o despacho foi baseado na legislação eleitoral.

[Jornal Pequeno, 16 de maio de 2008, página 12, grifos nossos]

*

Só fui ler hoje esta matéria de ontem, por isso ainda não havia repercutido por aqui. Penso que, independentemente de enchentes, secas, chuvas e sóis, isso deveria acontecer mais vezes aqui no Maranhão, no Brasil.

Pra quê, na terra de João do Vale, este parabéns a você? O maranhense do século XX deve, depois de ter se revirado no túmulo com a possibilidade, descansar aliviado, agora.

Autor: Zema Ribeiro

Homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais. Pai do José Antonio. Apresenta o Balaio Cultural (com Gisa Franco, aos sábados, das 13h às 15h, na Rádio Timbira AM). Coautor de "Chorografia do Maranhão" (Pitomba!, 2018) e autor de "Penúltima página: Cultura no Vias de Fato" (Passagens, 2020). Antifascista.

18 comentários em “JUIZ SUSPENDE SHOW COM BANDA NO ANIVERSÁRIO DE PEDREIRAS”

  1. O Dr. Douglas Martins está cumprindo a sua função que lhes foi dada, deveria ser a regra e não excesão e igual a mim que sou servidor do plúblico somos juntos conselheiros estaduais de direitos humanos e devemos está atentos a tudo que fazemos evoluir a humanidade.Martins-direção do sindicato dos servidores do sistema penitenciário do Maranhão.Saudações mais que humanas aos desabrigados

  2. Infelizmente isto é exceção! Estas prefeituras interioranas gastam dinheiro com as coisas mais estapafurdias e o povo que se dane.Graças a Deus, ainda existem Magistrados como o Sr. Douglas Martins.

  3. Parabêns ao Magistrado Douglas Martins. É o Ministério Público e o Poder Judiciário, fazendo jus no caso concreto das competências que lhe foram impostas pelo constituinte originário de 88.

  4. Oi gente sou morador da cidade de Pedreiras e quero esclareçer algumas coisas, o Dr. Douglas é um homem muito competente mais acima de tudo é um juiz q gosta de cameras de está na midia, ele só tomas essas decisoes p se apareçer, eu nao sou a favor do prefeito de pedreiras pois sei q ele tem muitas falhas aqui, mais isso q fizeram com a população da cidade foi muito ruim pois td mundo estava preparado p a festa pois a festa foi paga com a conta da FUP, que é um recurso q só pode ser gasto com a cultura e eventos culturais da cidade, pois nao adiantava tirar o dinheiro da conta para comprar cesta basica q nao podia esse dinheiro é somente para eventos culturais, e pude constatar q todas as familias de pedreiras q estavam alagadas estavm sendo bem acompanhadas com a assitencia social, e eles (os desabrigados) usaram a festa pra ganhar uma grana e compraram cervejas, refrigerantes e espetinhos e outras coisas para ganharem dinheiro e sairam no prejuizo pois nao houve festa e eles ja tinham comprado esses materiais, e as pessoas que vieram de outras cidades que tambem eram vendedores e tambem ficaram no prejuizo?e quem os prejudicou foi o propio juiz Dr. Douglas que disse: EU DEIXEI PRA CANCELAR ESSA FESTA EM ULTIMA HORA POIS A NOITE O TJ E ASSIM SEM O PREFEITO TER CHANCE DE RECORRER, EU TINHA UMA CARTA NA MANGA E USEI NA HORA CERTA, mais nao sabia ele que nao estava prejudicando o prefeito e sim nos a população da cidade, e pessoas como a minha tia que estava desabrigada e foio tentar ganhar alguma grana pra ajudar,entao da pra entender quando todos aplaudem a decisao do juiz pois vcs nao moram aqui, nos sim como moradores sabemos a realidade e o abuso de poder que esses grandes querem ter aqui em nossa cidade. nós sofremos muito com essas decisoes do juiz, entre em contatos com pessoas que moram em Pedreiras pra vcs verem a realidade, ver se alguem aqui gosta do juiz? ou ate se aplaudiram a decisao dele de cancelar a festa?abraços e desculpa ai os erros, mais fui somente sincero, e essa é a minha opiniao nao quero que ninguem se influencie com ela apenas entre em contato com moradores aqui de pedreiras para saberem a verdade.FORTE ABRAÇO

  5. anônimo, independentemente do juiz gostar de holofotes, creio que sua decisão foi acertada do ponto de vista de prefeituras pagarem milhares de reais por essa cultura importada e pouco se lixarem para o movimento cultural local. pedreiras é berço de grandes nomes (vide joão do vale) e tem um movimento cultural consolidado contemporaneamente. é potencializar isso aí, não trazer essa turma que já tá com o cofo cheio de grana. abraço!

  6. Desculpa eu não revelar o meu nome, pois tenho mêdo de represarias, mais a cultura de Pedreiras é bem reconheçida sim, pois como todos já sabem o maranhense do século é nosso, e a quatro anos aqui em Pedreiras é feita a Antologia poética em homenagem a João do Vale, pois tambem a cultura em um geral aqui nesses quatro anos foi bem reconheçida pois tivemos: I FESTIVAL DE TEATRO, FEMUPE (Festival Municipal de musicas), FESTIVAL DE MARCHINHAS, AJUDA PARA LANÇAMENTOS DE LIVROS DE POETAS, INCLUSIVE ASSIM REVELANDO NOVOS POETAS, AJUDA FINANÇEIRA A DANÇAS FOLCLORICAS, CINEMA NA COMUNIDADE, Levando telões para varios bairros da cidade para que a população possa assistir um bom filme, pois aqui na cidade não tem cinema, A GALERA DA ZONA RURAL TAMBEM NAO FOI ESQUEÇIDO, POIS FOI REALIZADOS VÁRIOS EVENTOS QUE ANTES SÓ ERAM REALIZADOS NA CIDADE, SIM TAMBEM VEIO UM PIANISTA CONEÇIDO INTERNACIONALMENTE E QUE DEU UM SHOW EM PRAÇA PUBLICA, Pois eu sou artista tambem e por isso posso te afirmar que a cultura nossa local hoje é rica pois antes eramos maltratados como VAGABUNDOS por governates anteriores e hoje somos reconheçidos, entaõ eu afirmo que nós temos muito apoio sim, então nao acho que seja proibido trazer bandas de fora com o dinheiro que é sim pra cultura, uma banda de fora sempre traz mais alegria pra quem é vendedor ambulante ou até mesmo só um brincante.Abraços…

  7. jefferson, não sou contra a vinda de bandas de fora. mas acho que a iniciativa privada poderia se encarregar disso. o papel do estado é outro, deve ser outro. e o que você cita é, sem dúvidas, importante, sinal de que a cultura pedreirense, merecidamente, tem sido valorizada. grande abraço!

  8. Estou postando como anônima pois esqueci minha conta do google. Meu nome é Sarah e embora algumas pessoas tenham a mentalidade pequena a ponto de achar que essa decisão surgiu por motivos “corruptos” venho dizer que foi louvável a atitude de mostrar à população, que por muitas vezes esquece do mais importante e “faz festa na porta do velório alheio”, que há coisas bem mais importantes que esbanjar o dinheiro público com uma festa ao invés de dar apoio aos vários desabrigados em estado de pobreza extrema e de sanar de maneira definitiva esse problema com enchentes que se repete todos os anos aqui em Pedreiras. Estava lá, vi a revolta da população, ouvi as palavras do Dr. Douglas e vi quando as pessoas caíram em si e compreenderam pelo que de maneira “nonsense” estavam reclamando. Quando não se faz justiça, é porque ela é corrupta, quando se faz, é porque também é corrupta. Nunca se agradará a todos , então, é melhor se fazer o que é certo.

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s