literatura e até a noite!

Serviço

O quê: Lançamento do Plano Editorial Secma 2007 – Prêmio Gonçalves Dias de Literatura.
Quando: hoje (28), às 19h.
Onde: Auditório da Biblioteca Pública Benedito Leite (Praça do Pantheon, s/nº., Centro).
Quem: os escritores Adalberto Franklin (Ética Editora, Imperatriz/MA), Alberico Carneiro (Suplemento Cultural e Literário JP Guesa Errante, Membro do Núcleo de Literatura da Secma), Celso Borges (poeta e jornalista maranhense radicado em São Paulo), Joãozinho Ribeiro (Secretário de Estado da Cultura) e Grupo Poiesis (recital poético).
Quanto: entrada franca. Aberto ao público. Será servido coquetel aos presentes.

@

[abaixo, o texto de joãozinho ribeiro publicado na edição de hoje do jornal pequeno]

Maranhensidade e literatura

Joãozinho Ribeiro*

São Luís já carregou o epíteto de Atenas Brasileira. O Maranhão já se orgulhou de falar o português mais correto do Brasil. Uma das mesas-questões do V Fórum Municipal de Cultura de São Luís, realizado em 2004, indagava, sobre a capital: Jamaica, Atenas ou Apenas Brasileira?

Que o Maranhão sempre foi berço de grandes nomes da Literatura Brasileira – e por que não dizer mundial –, todos sabemos. Só não conseguimos entender os descaminhos por onde a literatura maranhense enveredou, um problema infelizmente não exclusivo daqui. Nunca foi tão fácil publicar um livro (embora entendamos que a literatura e seus processos não se resumam ao ato de publicar) e nunca se publicou tanto no país. Na contramão, nunca houve tão poucos leitores.

Dando continuidade ao processo de democratização do acesso à cultura – sob todos os aspectos – e a implementação de uma gestão democrática, repito, plural, transparente e inclusiva, a Secretaria de Estado da Cultura tem a honra de lançar hoje (28), às 19h, no Auditório da Biblioteca Pública Benedito Leite (Praça do Pantheon, s/nº., Centro), o Plano Editorial Secma 2007 – Prêmio Gonçalves Dias de Literatura.

O edital que será apresentado é fruto do trabalho do Núcleo de Literatura da Secma, composto por Alberico Carneiro, Antonio Ailton, José Maria Nascimento, Nauro Machado, Wilson Martins e Zema Ribeiro, que desde abril vêm discutindo a adequação do Plano Editorial aos princípios que têm norteado as ações da Secma, garantindo a possibilidade de participação de qualquer maranhense que deseje fazê-lo. São nove categorias: romance, novela, conto, crônica, poesia, literatura infantil e juvenil, teatro, ensaio e engenho e arte, esta última, voltada para processos criativos não contemplados nas oito primeiras categorias, de forma que não contradigamos o documento “Maranhão Cultural: a imaginação a serviço da cidadania e do desenvolvimento”.

As inscrições para o Prêmio Gonçalves Dias de Literatura iniciam-se já na quarta-feira que se segue ao lançamento e seguem até o dia 11 de outubro. As comissões de leitura, em fase de definição, terão nomes de todo o Maranhão e divulgarão os resultados em 19 de novembro. O regulamento pode ser consultado no site da Secma.

Outra novidade do Prêmio é o seu nome: a cada ano será homenageado um escritor maranhense de reconhecida importância para a literatura do estado. Nesta primeira edição da retomada deste importante processo, a obra “Brasil e Oceania”, de autoria de Gonçalves Dias, será republicada. Trata-se de um estudo antropológico pouco conhecido, que só por fugir da vertente mais divulgada da obra do autor da “Canção do Exílio”, já merece atenção.

Merece também destaque a iniciativa da deputada Graciete Lisboa, que pretende transformar o Plano Editorial da Secma em Lei, garantindo assim sua realização anual, independentemente das gestões que se sigam. Ainda há muito por ser feito, e disso temos plena consciência, mas, sem dúvidas, um importante primeiro passo está sendo dado.

Diante do exposto, temos a grata satisfação de convidar cada um dos leitores desta coluna e do Jornal Pequeno para participar do Lançamento do Plano Editorial Secma 2007 – Prêmio Gonçalves Dias de Literatura. A festa terá recital com o Grupo Poiesis, que vem agitando a cena poético-literária na capital maranhense. Este Secretário dividirá uma mesa com os escribas Adalberto Franklin (Ética Editora, Imperatriz/MA), Alberico Carneiro (Suplemento Cultural e Literário JP Guesa Errante, encartado quinzenalmente neste jornal, e membro do Núcleo de Literatura da Secma) e Celso Borges (poeta e jornalista maranhense radicado em São Paulo, que na ocasião autografa “Música”, seu mais recente livro-disco). Cada um falará brevemente de suas experiências literárias. Um delicioso coquetel será servido aos presentes.

Esta festa da literatura acontecerá, torno a dizer, no Auditório da Biblioteca Pública Benedito Leite, localizada na Praça do Pantheon, s/nº., Centro, a partir das 19h de hoje (terça-feira, dia 28 de agosto). É aberta ao público, espero encontrá-los neste debate-papo literário.

*Joãozinho Ribeiro é Secretário de Estado da Cultura e escreve às segundas-feiras no Jornal Pequeno.

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s