Vermelho paixão

Doei-me todo para você. E não aceito devolução de mim mesmo. Estou apaixonado. Do gasto solado do pé, perambulando, bar em bar, por aí, ao último fio de cabelo, crescendo, por que você gosta assim, para puxar nos beijos mais quentes. A vontade é te ver todo dia, toda hora. Quando não acontece, fico mal. Nada mais me importa: trabalho, estudos, diversão. Diversão só me importa se você estiver junto. Juntinho, melhor dizendo. Diversão é estar contigo. Nem me importo mais se, no bar, a música é ruim quando estamos juntos. O que importa, sinceramente, já disse, é estar contigo. É tudo o que me importa. É tudo.

[para Ela. Ela sabe quem é. Vocês saberão em breve. Não sei o que é isso: início de algo, trecho de algo, ou se ao menos é algo. Falo do texto. Não sei se continuarei, se vou mexer, não sei. A paixão é tanta que a minha melhor literatura não conseguirá retratar fielmente os meus sentimentos. Trecho de mensagem enviada a ela, ontem, via celular (só para não deixar de comentar, aqui, hoje, o referendo de ontem): “Voto sim, voto 2, duas vezes: sim no referendo e sim ao nosso amor, bonito e infinito”. Espero que o “sim”, no caso de nosso amor, vença]

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s