ARTISTA MARANHENSE EXPÕE NO ESTANDE DO BNB DURANTE FESTIVAL VIDA & ARTE



por Ana Paula de Oliveira Teixeira

da Assessoria de Comunicação do Banco do Nordeste

A mostra de artes visuais Nordeste: fronteiras, fluxos e personas é destaque no estande do Banco do Nordeste montado no Festival Vida & Arte, que ocorre de 19 a 23 de janeiro, no Centro de Convenções, em Fortaleza. A mostra reúne trabalhos de artistas do Nordeste e do Brasil, que discutem a diversidade da cultura nordestina através de várias linguagens. Depois do evento, a exposição será aberta no Centro Cultural Banco do Nordeste, em Fortaleza.

Marcone Moreira representa o Maranhão na exposição. O artista apresenta pinturas em madeira, encontradas nas carrocerias dos caminhões. São pedaços de veículos, nos quais ele interfere. Os trabalhos de Marcone têm como marca o uso de elementos da cultura popular, além de objetos encontrados no cotidiano, que podem gerar formas e cores interessantes.

A DINÂMICA DA EXPOSIÇÃO

Com curadoria de Luiza Interlenghi, a mostra Nordeste: fronteiras, fluxos e personas propõe a possibilidade de se pensar a cultura nordestina como um conjunto de diferenças, manifestas em linguagens visuais, atitudes, comportamentos e crenças em constante transformação. A exposição questiona noções de centro e periferia e observa aspectos da cultura brasileira que, das mais diversas maneiras, atravessam em duplo sentido as fronteiras da região Nordeste.

A preocupação em apresentar novos valores fez com que a exposição se transformasse em um rio de possibilidades, com a presença de diversas linguagens, entre elas monotipia, desenho, xilogravura, DVD, vídeo-instalação, fotografia, objetos e intervenção no espaço.

Ao mesmo tempo em que reafirmam a diversidade da produção contemporânea, as obras dos artistas plásticos dialogam com as tradições. Trabalhando as referências da Região a partir de um olhar crítico, a exposição incute a idéia de que não são apenas os limites territoriais que delimitam a identidade cultural de um povo. A escolha dos artistas já amplia a definição de região, uma vez que há expositores de diversos estados nordestinos, além de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

A mostra reúne 20 obras de 15 artistas com passagem pelo Nordeste e que transitam ou se fixaram em diferentes estados do País. Estarão presentes na mostra: Antônio Dias (PB/RJ), Caetano Dias (BA), Euzébio (AL/CE), Gil Vicente (PE), Grupo Rasura (CE), Hilal Sami Hilal (ES), José Rufino (PB), Luiz Hermano (CE/SP), Leonilson (CE/SP), Marcone Moreira (MA/PA), Martinho Patrício (PB), Nazareno (SP), Rosana Ricalde (RJ), Transição Listrada (CE) e Tunga (PE/RJ).

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s